Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Andreias

Somos amigas, por vezes loucas, e temos muito para contar das nossas vidas e do nosso dia-a-dia! Com famílias, trabalhos, e tudo o resto de uma vida "normal", embarcamos em mais uma aventura: licenciatura!

Somos amigas, por vezes loucas, e temos muito para contar das nossas vidas e do nosso dia-a-dia! Com famílias, trabalhos, e tudo o resto de uma vida "normal", embarcamos em mais uma aventura: licenciatura!

As Andreias

25
Jul20

O primeiro já está! UFA!! 😀

Andreias

Temos este post para publicar há quase uma semana… esta última semana não foi fácil, e queríamos ter partilhado isto logo. Mas pronto... só deu agora 😕 Façam uma coisa pf: leiam como se ainda estivéssemos na semana passada 😅 (sim, tivemos preguiça de alterar o texto… olha que duas!)

 

Vamos lá ao que interessa. Temos o primeiro ano de curso concluído!! 😀😱😎

Na última vez que escrevemos, viemos aqui desabafar sobre o nosso desespero. Não sabíamos as últimas notas, não sabíamos se o primeiro ano estava feito ou não… era toda uma ansiedade que nos estava a tirar o sono, mas fosse qual fosse o resultado, já não havia nada a fazer. Mal sabíamos nós que nesse mesmo dia ia ser publicada a última nota que faltava, e que contra as expectativas, nos fez dizer que tínhamos o primeiro ano concluído. 😂

As notas do último teste que tínhamos feito foram publicadas ao final do dia nessa 5ªF. O teste não tinha corrido bem, e depois de fazermos as contas ao que tínhamos conseguido fazer no teste, a probabilidade de ter positiva era um pouco baixa para qualquer uma de nós… começámos logo a pensar que em vez de relaxar tínhamos de começar a estudar para os exames. No momento em que saíram as notas, a Pinto estava super atenta aos emails e grupos de whatsapp, e a Simão ainda estava a trabalhar. A Simão reparou que começou a haver muita agitação e mensagens a entrar de todos os lados, mas nem associou. 1 minuto depois a Pinto começa a ligar-lhe… “Ai!!! Devem ter saído as notas”. A reunião acaba pouco tempo depois, e instantaneamente liga à Pinto e abre a pauta das notas que já lhe tinham enviado. “UHHHHUUUUUUHHH” 😂 Sim, foram mil gritos assim que a Pinto atendeu. Ficámos as duas feitas malucas ao telefone, aos gritos e a dar os parabéns uma à outra 😀 Depois do histerismo, a Simão quis certificar-se de que podíamos festejar. Na verdade, a nota final era constituída por vários parâmetros, e tínhamos de ver como estava o panorama. Estava safo!! Mais um festejo AHAHAHA YEEEAAAHHH!! Depois disto, foi começar a ligar e a mandar mensagens a contar a novidade 😋

A nota final, já com todas as componentes só foi publicada na 6ªF, mas sentimos que na 5ªF já conseguíamos respirar um pouco melhor.

 

Este primeiro ano tem muito que se lhe diga. Tem sido uma experiência incrível, e o facto de o fazermos entre amigas torna a coisa muito mais leve e mais fácil de enfrentar. 😊 Durante estes meses tivemos muito apoio de pessoas que nos querem bem e que também nos querem ver a vencer. Fomos mimadas por pessoas que gostam de nós e que têm uma paciência incrível (sim maridos, isto é principalmente para vocês que levaram com humores dignos de TPM-nível avançado durante algum tempo 😂). Conhecemos muitas pessoas, homens e mulheres, de idades diferentes, com vidas diferentes, mas todos com o mesmo objetivo de levar isto até ao fim. Como tudo na vida, há sempre o lado negativo. Abdicámos de certas coisas que muitas vezes nos deixaram a pensar se isto faria sentido, se iria valer a pena este esforço… não poder aproveitar todos os momentos em família foi sem dúvida o pior. Podemos garantir que cada uma de nós, pensou pelo menos uma vez em desistir e voltar à vida que tinha antes. 😐

No fim, valeu a pena todo o esforço. Não foi fácil, muito pelo contrário. Com stress (principalmente neste último trimestre com toda a logística de ser à distância), muitas noites com poucas horas dormidas, sentimento de frustração, choros e olheiras do tamanho do mundo, o que considerávamos altamente improvável aconteceu: primeiro ano terminado na data prevista, sem ter de prolongar com exames, sem ter deixado nada para fazer no próximo ano. 😀

Percebemos também que, apesar de tudo o que se diz sobre as igualdades e isso, continua a ser muito diferente a realidade entre ser homem ou mulher trabalhador-estudante. Mas atenção! Não que tenhamos sentido qualquer tipo de descriminação ou impedimento para o sermos, mas na cabeça das pessoas continua a haver essa distinção. Mas noutro dia falamos disto 😉

Uma das coisas de que sentimos saudades nestes últimos meses foram as nossas viagens até à escola. No pré-pandemia aproveitávamos o tempo em que íamos no carro para descomprimir… rimos (MUITOOO!! 😂), chorámos, tivemos dias em que falámos pouco, outros em que não nos calávamos um segundo. Lá íamos nós, de porta bagagens cheio de malas, dossiers, lancheiras 😅 Só queremos que esses dias voltem.

 

Na 6ªF depois de recebidas as pautas finais, a Simão foi surpreender a Pinto com uns miminhos. Demos um abraço (completamente proibido nestes dias, mas não deu para evitar). Tão bom!!

 

20200710_185934.jpg

 

Agora estamos oficialmente de férias (mas só da escola, ‘tá? O trabalhinho ainda continua 😋).  Só começámos a descomprimir de verdade a meio desta semana. Este fim de semana já deu para aproveitar qualquer coisa.

Venham os próximos anos de curso. Já estamos expectantes para saber como vai ser o próximo ano 😅

 

Temos colegas que ainda estão em exames. Para eles, muita força. 💪

Para quem, como nós, já se despachou desta primeira ronda, PARABÉNS! 😀

 

E mais uma vez, obrigada a todos os que nos têm ajudado e apoiado neste desafio! 

 

Beijinhos,

As Andreias

09
Jul20

A crise de nervos antes do final

Andreias

Antes que pensem que desaparecemos, cá estamos nós! 😀 Sim, estamos vivas!! Ahaha Pouco saudáveis a nível mental, mas vivas!

Este último mês foi de loucos!! O último trimestre do primeiro ano de curso exigiu mais do que esperávamos. Talvez por ser à distância, talvez por estarmos no conforto do lar a assistir às aulas, talvez porque é mesmo assim… não sabemos. A única coisa que soubemos foi que talvez tenha sido o mês de aulas mais exigente até agora 😱 pois, e agora estão a ler isto e a pensar “Olha estas, já a choramingar e isto ainda agora começou! Fracotas!!” 😂

Na 6ªF passada fizemos o último teste. 😀 Foi a última prova de avaliação que tivemos do 1º ano. Os trabalhos já estavam todos entregues, apresentações feitas, tudo pronto. Era chegar a 6ªF às 23h e respirar de alívio porque estava acabado. Foi isto que pensámos, e aquilo em que acreditámos, durante dias. “Vá lá amiga! Dia 3 isto acaba e estamos de férias uns meses.” Dissemos isto (muitas vezes) uma a outra. Talvez para motivar, para acalmar, ou até para justificar as noites em que apenas se dormiram 3 ou 4 horas. Tudo terminava na 6ªF. As semanas anteriores foram tão cansativas, que sentimos que a certa altura já andávamos em piloto automático. Com famílias, trabalho e tudo o que as nossas vidas englobam, as horas para estudar não eram durante o dia, nem ao fim do dia, mas sim pela noite dentro. Para conseguir estudar em todos os bocadinhos, abdicámos de coisas que não queríamos. Tinha de ser, por muito que nos custasse. Estávamos na reta final, e na 6ªF depois do teste íamos respirar de alívio e começar a disfrutar novamente da vida “normal”. 😎 Só que não! 😱 😅 Ahaha E porquê? Porque não nos passou pela cabeça a crise de nervos que íamos ter por não saber as notas. Verdade seja dita, o último teste não correu incrivelmente bem, nem nada que se pareça. Na 6ªF, às 23h, depois de entregar os testes ligámos logo uma para a outra. Não era preciso dizer grande coisa. “Foi uma m3#d@!”. Dissemos quase ao mesmo tempo. 🤦 Corremos para as folhas de rascunho que usámos e começámos a dizer os valores que tínhamos colocado em cada uma das respostas. “Ai, caraças…”. A maioria estava igual, mas muita coisa foi feita na base da adivinhação e do instinto 😅 quando assim é, tem tudo para correr bem. 🤦

Posto isto, era dia 3, passava das 23h, e aquele que devia ser um momento de descontração transformou-se num novo pânico. “Será que dá para passar?” 😲 “E as outras 2? Também ainda não sabemos as notas… E se tivermos de ir a exame??” Pânico na área!! Sai um calmante para as duas miúdas sff! 😂 (calma, que é só uma forma de falar. Ainda não chegámos a esse ponto. Talvez para o ano 😅).

Desde então, ainda não conseguimos ter uma noite totalmente descansadas e as olheiras até meio da cara fazem concorrência ao panda mais fofo do universo (de notar que o panda é adorável e super fofo com as suas olheiras, e nós somos… somos… bem, com olheiras somos ainda mais bestas do que o habitual). 😋

Hoje é 5ªF. Falta saber apenas a nota do teste de 6ªF. As outras estão feitas, e com notas que nos surpreenderam. Hoje respiramos um bocadinho melhor, mas continuamos com um aperto por não saber se nos safámos ou se temos de ir a exame. Vamos esperar, e ver se temos motivos para celebrar, ou se ainda temos de estudar mais um bocadinho. Sabemos que isto não é a coisa mais importante do mundo, e que não precisamos deste stress todo, mas somos assim… 😅

 

panda.jpg

 

Beijinhos,

As Andreias

Mais sobre nós

foto do autor

Sigam-nos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D